Dia 11/01/2017 – Jiu-jitsu.

Treino.

Bom, vou falar sobre o treino de ontem, pois, já passa das 24hs e hoje é dia 12 de janeiro.

Para falar a verdade, estava muito ansioso para treinar, porém, na hora de sair de casa, bateu um desânimo.

Comecei a pensar em muitas coisas, em não ir, em ficar e descansar, estou com um pouco de dor do treino da segunda-feira, dores nos braços e cansaço nas pernas.

Em determinado momento, parei e pensei: “Porra, no segundo treino já está pensando em ficar em casa?  Porra, meu… Dá licença… larga de ser frouxo e vai treinar”.

Não vou entrar em detalhes, mas, muito da evolução de cada passa por uma porcentagem alta no que diz respeito a mente.  A mente, muitas vezes prega peças em nós.

Conclusão, organizei meus pensamentos e fiz o que deveria fazer, fui treinar.

Foi a melhor coisa que eu fiz, cheguei uns minutos atrasados, por conta de trânsito, mas, nada que fizesse eu me arrepender de ter ido.

Um conselho para quem gosta de algum esporte, não necessariamente uma arte marcial, quem gosta de qualquer esporte, assisti um vídeo estes dias que me alertou para uma coisa: estar motivado é ótimo, mas, nem todos os dias você estará motivado. Quando bater algum desânimo, quando a motivação baixar ou estiver nula, aí é que entra a disciplina, que eu defino como o momento em que se deve fazer algo que não te motiva naquele momento.

Aqueci e fui para os rolas.  Vou deixar claro que fisicamente, tenho consciência e estou muito seguro de que preciso aprimorar demais meu condicionamento físico, pois, estou pesado demais e lento.  A parte técnica, nem se fala, mas, como eu costumo dizer, quero ser melhor do que ontem, só. Serei.

Se vão me pegar, finalizar, não estou nem aí, mas, vou dar trabalho, procuro dar trabalho e desenvolver minhas técnicas.

Todos têm um estilo preferencial de lutar, no jiu.  Uns são guardeiros, outros passadores, ou mesmo, tem aqueles que gostam de lutar na meia-guarda.  E tem também os jiu-jiteiros que fazem de tudo.  Eu me considero um passador, mas, resolvi que este ano vou focar na guarda.  Quero dominar ou, pelo menos, me sentir confortável na guarda.

Fui pego em todos os rolas.  Estou começando a jogar na guarda, mas, pelo jeito, tenho que aprender e treinar.

No final do treino, fiquei conversando com uns amigos, pelo menos uns 20 ou 30 minutos.

Realmente, sinto que meu corpo vai me dizer amanhã… Estou judiado, mas, tranquilo… Agora é descansar o corpo e fazer uma bela alimentação.

Mas, missão cumprida e, com muito prazer!!!

Abaixo, minha janta de hoje. E depois, um suco de melancia.

Bom, até o próximo post, boa noite.

2017-01-11-23-34-59
No prato, Alface e tomate. Na tigela, abobrinha, cebola e pimentão amarelo, cozidos.

 

Meu primeiro post – Acho que tive uma idéia doida, sei lá… Abaixo os motivos deste blog !!!

Bom, boa tarde. Sejam muito bem vindos.

Este blog é para me manter motivado (e segurar minha disciplina) a continuar minha caminhada nas artes marciais e na evolução de minha vida.

Acredito que todos estamos aqui por um motivo.  Minha inspiração para este blog foi a de motivar novas pessoas a conhecerem as artes marciais, seja ela qual for e mostrar para quem quiser ver, ler ou se inteirar sobre o assunto.  Além disto, gostaria de mostrar que todos podem ter um estilo de vida saudável.

Não quero aqui dizer que você deve seguir este estilo de vida ou dizer que sou melhor que os outros.  Faça o que você quiser, mas, divirta-se, viva. Cada sabe do seu, desde que não incomode ou machuque as pessoas próximas.  No próximo post, vou inclusive me apresentar, contar um pouco de minha vida no esporte, talvez, assim eu consiga mostrar um pouco do que penso.

Não darei receitas disso ou daquilo (até porque não entendo nada disso), mas, mostrarei como me alimento e se for interessante para você, faça algo parecido.

Se eu praticar algo que não seja arte marcial (algum outro esporte), falarei também, contarei tudo que faço e como você pode relaxar ou treinar mais para sua arte marcial.

Vou relatar, pelo menos duas vezes por semana, o que tenho feito para minha evolução atlética e pessoal, dentro e fora dos tatames.

Farei isto através deste blog, pois, amo escrever, Ok?

Por hoje é só, talvez volte mais tarde…

Forte abraço…